7 de jan de 2014

Tempo de regressar

postado por Caleb Henrique


Queridos Viajantes,
2.013 foi um ano de ausências e faltas de minha parte. Não inteiramente, mas foi.
Diversos foram os fatores que me levaram a ausentar-me tanto e por tanto tempo, mas de nada adiantaria elencá-los um a um aqui. O tempo não voltará e a mim cabe apenas pedir desculpas, então: por dez culpas, ou cem, minhas humildes desculpas.
Mas não seria justo dizer que 2.013 fora composto apenas por faltas e ausências, de jeito algum. 2.013 foi um ano belo. Eu sorri, fiz amigos e, diversas vezes, tive dias salvos por um de seus comentários. Quero, portanto, fazer alguns breves agradecimentos:
As editoras parceiras, pela confiança depositada em minhas resenhas e na parceria em geral. Há muito a ser dito sobre elas, mas eu posso resumir tudo em uma única frase: sou verdadeiramente grato.
Aos autores parceiros, pelo mesmo motivo acima. Estou em falta com alguns de vocês, mas peço perdão e deixo a promessa de quitá-las o mais rápido possível. Obrigado por estarem juntos nessa batalha contra o estereótipo de que “brasileiro não gosta de ler”. Sim, nós não apenas lemos, mas também escrevemos — e, muitos, muito bem.
A você, que chegou agora ou está comigo desde o primeiro post. Afinal: isso aqui não seria nada sem você. Obrigado por entrar nesse trem comigo, viajante. Que o destino nos reserve viagens maravilhosas.
E eis que nasceu 2.014, mais um calendário inteiro para rabiscar. Todo dia uma folha em branco esperando para ser colorida, rabiscada ou escrita. E confesso: tenho muitos planos para ele; boa parte envolvendo o blogue — e vocês. Novas colunas e uma frequência maior de postagens [AMÉM!]. Há mais, mas... um passo por vez. O passo de hoje é um passo de regresso, um re-abrir de portas e um convite refeito: prontos para viajar?
E como há braços, abraços. [AOS MONTES!]