8 de jan de 2013

Das Páginas Para as Telas #4 - Peter Pan

postado por Caleb Henrique



Olá, Viajantes!
Primeiramente peço perdão pelo sumiço repentino. Esta semana o trabalho está na maior correria, pois há – entre outros – um pedido de nada mais, nada menos que 288 bandeiras (Pois é... UAU!).

Enfim, o Das Páginas Para as Telas de hoje é todo especial para mim, afinal, a Terra do Nunca me encanta desde os meus tempos de piá e o livro é, sem sombras de dúvidas, um dos meus favoritos. Dentre todas as versões que assisti (cerca de cinco ou seis, se não estou enganado) optei por falar do filme de 2003 que é de uma fantasia e fidelidade ímpar. É claro, há cortes e modificações – o que não é novidade alguma em adaptações cinematográficas, mas todas elas podem ser facilmente ignoradas (ou, dependendo da pessoa, talvez nem tão fácil assim) enquanto nos deliciamos com este fantástico e delicioso filme.


Esta foi a primeira adaptação com atores verdades que assisti e, não nego, foi completamente mágico ver a terra do nunca como um lugar palpável pela primeira vez – sim, eu já sonhava em ir para lá, mas imaginava-a tal qual a animação da Disney. O Navio do Capitão Gancho, as Sereias e suas cachoeiras e, é claro, o sorriso debochado e despreocupado do garoto que nunca virá crescer, Peter Pan. Confesso, a Rachel Hurd-Wood foi um de meus amores platônicos, tal qual a Emma Watson, mas isso não vem ao caso.

Em minha honesta opinião tudo no filme convence e isso engloba de atuação à efeitos gráficos – que são magníficos para a época. Então, a quem ainda não assistiu (ou leu), pergunto: O que ainda está esperando? (...) Ah, é claro... o trailer:



Assim me despeço, com a promessa de voltar.
E como há braços, abraços.